segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

No princípio, segundo Titio Hesíodo

No princípio era o Caos. E como todo mundo sabe, o Caos é uma zona, então eu não posso explicar se o Caos era macho, fêmea, ou o quê, mas minha aposta é para "ou o quê". E enquanto Caos estava lá parado sem fazer xongas, se deu conta de que não estava sozinho. Outras três forças primordiais estavam lá paradas sem fazer coisa nenhuma.

Uma era Gaia. Gaia é a Terra, E Tio Hesíodo chama Gaia de "sede irresvalável de todos os seres", quer dizer, é ao mesmo tempo a Casa da Mãe Joana e a própria Mãe Joana de todos nós. Gaia é aquela Deusa que cuida de todo mundo, de todas as formas (exceto quando decide castrar alguém ou cometer um assassinato, mas isso fica para outra hora). A gente faz as merdas que for e Gaia releva e protege a gente de tomar esporro.

Outro era o Tártaro. Lembra aquela musiquinha infantil que começava com "hoje é domingo, pede cachimbo?". Lembra que o final é assim: "cai no buraco, o buraco é fundo, acabou-se o mundo!" Então. esse é o Tártaro. Um buraco fundo para caralho visto que uma bigorna de bronze leva 9 dias e 9 noites caindo sem chegar no fundo do Tártaro.

E por fim, mas sem ter nascido um segundo depois, estava Eros. Esquece o gordinho fofinho filho de Afrodite, tá. Estamos falando de Eros, a força primordial, o monstro temido por homens e Deuses. Quando Afrodite nasce, Eros pira na mulher e passa a seguir Ela e trabalhar junto, mas sem libido não existe criação, e Eros está lá no princípio de tudo para que a criação aconteça.
Claro que Eros não anda sozinho por ai, Ele é seguido por uma legião de deuses menores que são aquela multidão de cupidinhos que aparecem em cartões do dia dos namorados no século XIX.


Mas como os quatro seres primordiais não tinham nada para fazer e jogar tranca não era uma opção válida porque o baralho ainda não tinha sido inventado, eles foram fazer o que os Deuses mais gostam de fazer (e isso vale em qualquer mitologia). Foram ter filhos!

Imagine o seguinte - vc é Deus. Vc não tem companhia para sair na sexta feira a noite. Então vc gera um filho adulto e gostosão (ou gostosona) e pronto, seus problemas acabaram! E você ainda pode ter mais filhos com ele (ou ela) !!! É por isso que em todas as mitologias, quando os deuses não tem nada para fazer, principalmente quando ainda não criaram as plantas alucinógenas, é ter filhos.

Caos é o primeiro, ou a primeira, sei lá, a entrar nessa brincadeira. Ele (ou Ela, ou Isso) gera de si mesmo NIx, a Noite, e Erebo. Erebo é o escuro, sabe, o espaço vazio entre as estrelas. Erebo também é como chamam o reino de Hades. Talvez, Eles sejam o mesmo Erebo. Talvez não. Mas Nix se veste com o corpo do irmão para ser a totalidade da noite. O manto de Nix é seu irmão e marido, Érebo.

E Nix, que é a noite com tudo que a noite carrega, a primeira noite que existiu, gerou um bocado de filhos. Para começar, gerou Éter e Dia. Éter, que é o brilho de onde vivem os Deuses. Dia, que é o brilho que cerca o mundo mortal.

Mas quem gostava mesmo de ter filhos era Gaia. A primeira coisa que fez foi gerar Uranus, o céu. E a segunda foi mostrar para Urano que coisas divertidas eles podiam fazer juntos.
E ai com Urano Gaia teve as Montanhas, os Rios, o Mar, e também aqueles que seriam depois chamados de Titãs: Oceano, Coios, Crios, Hipérion, Jápeto, Thea, Rhea, Têmis, Mnemosine, Phoebe, Tétis e Cronos. E também os Ciclopes, e os Gigantes.

Ela não contava exatamente que Urano fosse gostar tanto da fruta que não fosse mais dar paz para Ela. Menos ainda que o cara fosse ligeiramente paranóico e não deixasse os filhos nascerem de medo que tomassem seu trono ou ficassem no caminho entre Ele e Ela. Assim, cada filho que tinham Ele empurrava de volta para dentro da Terra.

Gaia foi ficando injuriada com isso. E eu te digo que você não quer ver Gaia injuriada. Pensa que um tsunami é um espirro de Gaia, e que um terremoto 10 na escala é um tapinha de leve num inseto.

E foi ai que Gaia teve um filho que os outros não esperavam. Uma foice dentada.

E ai, enquanto Urano estava longe, ela olhou para aquele monte de filho e falou: "Quem é que vai por ordem nessa porra e me livrar desse safado?"

E todo mundo ficou se cagando de medo de Urano.

Menos Cronos, porque Cronos era "sangue nos zóio". Cronos pensava em curva, manja. Cronos olhava lá na frente e enquanto a gente está indo, Cronos já foi e já voltou. E Ele sacou que, dando um jeito no velho, Ele ia ser o manda chuva da bocada.

E Ele topou pegar a foice. E com a ajuda de Gaia (que como eu disse é muito gente boa até a segunda página... ), ele se escondeu e ficou esperando Urano chegar. Imagina bem, Urano, pelado, indo na maior fé para cima de Gaia e Cronos só esperando Ele chegar perto...

E zapt. Mostrou como fazer o que muito tempo depois Lorena Bobbitt faria com menos estilo.

Com as coisas do pai na mão, bateu aquele nojo. E ele jogou longe o barato enquanto gritava "ecaaaaaaaaaaaaaaaaa".

O sangue que respingou em Gaia gerou as Erínias, mais Gigantes (os três gigantes que tinham nascido antes eram gente boa, estes aqui vão ser uns filhos da puta), as Ninfas dos Freixos, e dizem que mais uma turminha...

E o sêmem que caiu na água do mar quando as coisas de urano afundaram na água, se misturou com a espuma, e gerou Afrodite. Afrodite que chegou surfando numa concha em Chipre, deixando todo mundo babando por Ela, e Eros e Desejo e toda a banca deles juntou em volta de Afrodite trazendo os tamborins, a cerveja e armando a primeira festa na praia da história do mundo. Dizem que é por isso que tem gente que acha que Afrodite é mãe de Eros, mesmo Ele sendo mais velho... mas o sentido que Ela deu para a frase "vem para mamãe, vem" não era exatamente oque as pessoas pensaram... eles são os maiores camaradas, isso sim, desde o princípio da festa... mas quando Eros fica bêbado ao invés de falar para Ela "vc é feito uma irmã para mim" ele falou "vc é feito uma mãe para mim" porque Eros não sabe beber e Afrodite sempre ajuda ele nas ressacas.

Enquanto isso, Urano, segurando o que já não estava lá, virou para Cronos e falou: "Cês tão fudido comigo".

8 comentários:

  1. O que importa, de tudo isso, é que Cronos é sangue nozóio e virou o dono da bocada!

    ResponderExcluir
  2. Agooooooooooooooooooooooora eu entendi!!!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Sarita... amei mew!!!
    Arrasou, proposta show de bola!

    ResponderExcluir
  5. é isso, mina, digo Minos, ou tanto faz.. faz?

    bjokas e me visite:
    http://bethbraitalvim.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Se já não tivesse inventado o amor, que é muito bom, Afrodite nos permitiu a cerveja.

    Penso que a humanidade vive um momento de Urano castrado, somos Saturno em nossa conspeção de utilitarismo. O cria pelo criar é cria a graça. Gerar filhos sem te-los, qual a Graça nisso?

    ResponderExcluir
  7. Muito bom mesmo, agora que fui entender realmente quem é quem, quem veio primeiro e etc. Um discurso despretensioso era que estava faltando... Os deuses deviam estar entediados ouvindo as histórias deles sendo contadas sempre da mesma maneira. Parabéns.

    ResponderExcluir